Indiciado 4 vezes: vale tudo contra Lula

Compartilhar:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi novamente acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) na operação Lava-Jato. Já constam contra Lula quatro denúncias da Procuradoria geral da República e três ações penais.. O MPF acusa Lula, pela segunda vez na Lava-Jato, em mais uma peça fictícia, de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, resultantes de contratos entre a Petrobras e a empreiteira Odebrecht. Além de Lula foram também acusados, sua esposa Marisa letícia, o ex-ministro Antonio Palocci, o empresário Marcelo Odebrecht, o advogado de Lula, Marcelo Teixeira e mais três pessoas.

Segundo os golpista do MPF Lula: “Lula orquestrou sofisticada estrutura ilícita de apoio parlamentar, assentada na distribuição de cargos públicos na administração pública federal, como foi o caso das mais importantes diretorias da Petrobras”, ainda segundo os golpistas o montante de “propina” chegaria a 75 milhões, de 2% a 3% de cerca de seis contratos na Petrobras.

Mas do ponto de vista concreto Lula é denunciado por um terreno em São Paulo e um apartamento que o mesmo alugá e que é contíguo-o ao seu próprio apartamento, o que já demonstra toda a farsa. O ex-ministro Palocci é acusado de operar um esquema de recebimento e distribuição de propina de milhões, a Lula, parlamentares e partidos, propina paga em troca de favorecimento a empreiteira em contratos com a Petrobras. No entanto, a acusação é totalmente absurda, “maluquices” como disse a defesa, pois não oferece nenhuma prova material de tal esquema, é pura perseguição.

O que os golpista encontraram para tentar justificar a denúncia foram o tal terreno e o apartamento, mas o terreno, que segundo os golpista do MPF teria sido dado a Lula como forma de propina para construção da sede do instituto Lula, não é, incrivelmente, de Lula e sim de uma empresa e também de maneira igualmente incrível, nunca foi construído sede alguma. O apartamento, que tem a mesma acusação, também não é de Lula como está no escravatura, o mesmo apenas o aluga. A acusação é um farsa completa, no entanto, em 12 de dezembro a Polícia federal abriu um inquérito contra as mesmas pessoas e sobre a mesma acusação, do terreno e do apartamento, o que demonstra uma ofensiva geral contra o ex-presidente.

O golpe de Estado que avança sobre o país coloca a necessidade de se eliminar da política as lideranças que efetivamente possam mobilizar as massas populares a lutar contra o golpe ou que representem, em qualquer nível, um obstáculo aos planos dos golpistas. A perseguição a Lula e sua possível prisão não representam apenas a prisão de uma pessoas, mas um passo importantíssimo para os golpistas ataquem todas as organizações operárias e populares do país com extrema dureza. Isso, por um lado, de outro Lula aparece em todas as pesquisas de intenção de voto em primeiro lugar em qualquer cenário possível, ou seja o voto em Lula da maioria da população brasileira expressa o seu total rechaço à política dos golpistas, bem como a tendência de lutar contra o golpe da maioria da população pois voltam a votar no Partido que foi derrubado.

E por isso os golpista querem Lula de fato na cadeia, e vão de fato colocá-lo, sob qualquer acusação fabricada, caso não haja uma reação a altura a este ataque as organizações operárias e populares.

A perseguição constante a Lula e a esquerda em geral mostram de maneira cabal que a política adotada pelo PT e pela Frente Brasil Popular de chamar diretas já é um erro político, uma vez que os golpistas controlam o regime político e não é o plano dos golpistas chamar eleições, mesmo que fosse possível, não chamariam eleição para perder, veja o caso das últimas eleições.Lula que é quem poderia vencer tais eleições está seriamente ameaçado de ser preso sem ter contra ele absolutamente nada, ou seja os golpistas estão em uma ofensiva, que não dá para ser barrada por ilusão democrática.

Por conseguinte, a luta deve ser travada contra o regime golpistas conjunto, é necessária uma ampla campanha contra a prisão de Lula, pela anulação do Impeachment, pela constituição de Comitês de Luta Contra o Golpe em todas as cidades do País, por um constituinte resultante de um massivo e revolucionário movimento de Luta contra o golpe.

artigo Anterior

PSDB se prepara para assumir a direção do regime político

Próximo artigo

Imperialismo derrotado grita “barbárie!”

Leia mais

Deixe uma resposta