Um congresso para um partido em crescimento

Compartilhar:

Rafael Dantas

Nosso Partido realizará seu 8º Congresso dentro de 15 dias.

Nele, discutiremos a situação política nacional e internacional, marcada pelo golpe de Estado e por uma profunda e aguda crise do imperialismo.

A base para essa discussão está dada pela própria atividade do Partido no último período.

Nosso jornal diário na Internet e nosso semanário impresso e vendido semanalmente em todo o País – para falar apenas de nossas duas principais armas na luta pela construção de um partido revolucionário – acompanham cada novo acontecimento político, tirando rapidamente as conclusões necessárias, orientando e organizando a ação militante do Partido.

Mas a discussão política não está restrita, de modo algum, à imprensa partidária.

Nossos militantes se reuniram em três conferências nacionais, apenas no último ano, para debater e organizar a atividade do Partido na luta contra o golpe, nas eleições etc. Os organismos de base, e de direção, reúnem-se pelo menos uma vez por semana. O Partido vive – como todo o País – um intenso período de atividade.

Por esse motivo, um ponto da pauta do nosso 8º Congresso adquire importância fundamental. O balanço da atividade de todo o último período, marcado pela intensa luta do partido contra o golpe, deve permitir à militância avaliar o desenvolvimento da sua própria atividade, tirar as conclusões necessárias para se fortalecer e avançar.

Na intensa luta contra o golpe, nosso Partido cresceu. Não foram poucos os companheiros que fizeram sua a bandeira do Partido da Causa Operária.

Reforçamos nossas posições ali onde ele já estamos consolidados. Novos companheiros se juntaram a nós nos seus locais de trabalho e estudo. Estão levando o Partido para mais cidades, fazendo-o chegar aos estados onde ainda não estamos organizados.

São novos militantes, jovens e trabalhadores, que se juntaram ao partido no calor da mais importante luta política dos últimos tempos e que decidiram errar e acertar, estudar, organizar e, sobretudo, lutar, juntos.

Nesse esforço militante para a construção de um partido operário, revolucionário e socialista, convidamos todos os militantes a fazer parte do trabalho coletivo de convocação e organização do nosso 8º Congresso, na expectativa de que todos possam nele tomar assento, como delegados ou observadores, e fazer parte de maneira ativa de todas as discussões.

artigo Anterior

UE: “Estamos em guerra com a Rússia”

Próximo artigo

Por que as mulheres devem se levantar contra o golpe?

Leia mais

Deixe uma resposta