A Farsa no Senado

Compartilhar:

rp_colunistas-afonso-2-282x380.gif Por Afonso Teixeira

A maior prova de que o julgamento foi uma farsa é o fato, incontestável, de nenhum senador ter mudado seu voto depois do julgamento. O processo e o julgamento foram um circo montado para dar um ar de legalidade a um crime.

A defesa que sempre fiz pelo mandato da presidenta não provém de nenhum sentimento nutrido por mim em favor dela ou de seu partido, e sim de um apreço que tenho pela garantia dos direitos fundamentais de qualquer cidadão, o direito de ser julgado com justiça e não com parcialidade.

Isso envolve todo e qualquer cidadão. A partir deste momento, todos nós estaremos sujeitos à arbitrariedade daqueles que detêm o poder.
Hoje, o Brasil entra em uma nova era de ditadura. O período será longo, a menos que seja breve a paciência dos brasileiros.

Os gregos definiam a tirania como o governo de um usurpador.

Nesse caso, nem poderemos falar mais de ditadura, mas de tirania, no Brasil.
Quando um canalha inescrupuloso tem a coragem, o cinismo, de jogar no lixo a vontade do povo, é porque, para ele, o povo é lixo. E será, doravante, tratado como lixo.

artigo Anterior

Impeachment de Dilma: golpe consumado

Próximo artigo

Bandidos golpistas aprovam impeachment em julgamento farsa: contra o golpe, não tem arrego

Leia mais

Deixe uma resposta