50 anos em um dia

Compartilhar:

colunista afonso 1Afonso Teixeira

O Brasil está a um passo de retroceder 50 anos na história. Juscelino queria um programa de governo que chamou de 50 anos em 5. Estamos diante de um programa político que será 50 anos em um dia, mas 50 anos de retrocesso, 50 anos de escuridão, 50 anos de pobreza, de miséria e escravidão.

A posse de um governante usurpador, que tem por moral a traição e por desejo um imenso desprezo pelo povo, representará um retrocesso a todas as conquistas que a democracia (ainda que frágil e instável) nos proporcionou nesses anos em que superamos a autoridade de um governo militar corrupto e entreguista.

dilma_jkA posse de Michel Temer significa o fim da democracia. O voto do povo nada vale. Vale o desejo das elites. Vale a compra de deputados e senadores. Vale a opinião de uma imprensa venal e descaradamente mentirosa.

Se tudo isso é o que vale, é porque nada vale.

Desapareceram as regras; suprimiram-se a moral, a verdade e o caminho. Tudo é passado, tudo é retrocesso, tudo é ganância, desejos pessoais, vendidos pelo engodo e comprados pela ignorância.
Em um dia, o Brasil abandonará 50 anos de história e retornará ao dia 1º de abril de 1964.

artigo Anterior

A farsa das pesquisas eleitorais

Próximo artigo

“Golpe”, por Vitor Teixeira

Leia mais

Deixe uma resposta