Governo golpista suspende serviços de assistência a minorias

Compartilhar:

O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, atualmente controlado pelo golpista Ricardo Barros (PP), cancelou na última sexta-feira, dia 15, um edital que tinha o objetivo de apoiar financeiramente entidades sociais que atuam na defesa dos direitos humanos ao que se refere combate de doenças sexualmente transmissíveis.

De acordo com entidades LGBTs, o foco da proposta do edital seria o atendimento e apoio aos LGBTs. Contudo, o ministério golpista também cancelou outros programas e seminários sobre a defesa de minorias, entre outras.

Esse não é o primeiro ataque do ministro golpista contra a saúde. Existem vários outros cortes, como o fim da Farmácia Popular, do Mais Médicos, todas ações para finalmente a privatização da saúde com a extinção do Sistema Único de Saúde (SUS).

Essa medida não é uma medida isolada. Na prática, o governo golpista está eliminando aos poucos os direitos sociais que a classe trabalhadora brasileira conquistou com muita luta. Os golpistas pretendem atacar violentamente as condições de vida do povo, principalmente os setores da sociedade mais oprimidos, como os negros, as mulheres e as minorias.

artigo Anterior

Lula vai à ONU denunciar direita golpista

Próximo artigo

“Operação Hashtag” não é piada!

Leia mais

1 Comentário

Deixe uma resposta