Deputados do DF aprovam lei que permite aula de “valores familiares” em escolas públicas

Compartilhar:

A Assembleia Legislativa do Distrito Federal aprovou nessa última terça-feira (14) um projeto de lei que permite escolas públicas do DF a realizarem aulas sobre valores familiares. O projeto foi proposto pela deputada Sandra Faraj, do partido golpista Solidariedade.

Segundo a defesa da proposta, o projeto tem como objetivo “promover o estímulo de relacionamento familiar e discutir sobre a estrutura de família” com estudantes do ensino fundamental e médio.

O PL foi aprovado em primeiro turno como tema transversal, ou seja, as aulas podem ser inseridas em qualquer matéria que discuta sobre direitos humanos, comportamentos, sociedade etc. O texto ainda será novamente votado, até o dia 30 desse mês.

Alguns deputados distritais votaram contra o projeto por considerarem como inconstitucional e que a ideia de estrutura de família proposta nesse projeto não contempla todas as estruturas de famílias existentes no País.

Esse é o avanço da direita no País. O próprio partido da deputada foi bastante importante no processo de golpe de Estado contra o governo. Agora, empenham-se para atacar as mulheres, os negros, as minorias na tentativa de retirada de direitos.

artigo Anterior

O recuo e a reorganização da política dos golpistas

Próximo artigo

A mudança do regime será profunda!

Leia mais

Deixe uma resposta