Último aviso para acordar: o golpe é golpe

Compartilhar:

Prisão de Lula não deixa espaço para mais dúvidas, é preciso se mobilizar contra a direita e o golpe

Na manhã desta sexta-feira, 4 de março, a Polícia Federal fez uma operação na casa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. É a 24ª fase da operação Lava-Jato, chamada espalhafatosamente, como de hábito, de Aletheia. A palavra significa “verdade” em grego antigo. A verdade desvendada é que a seguinte: não há mais como negar que está em curso uma tentativa de golpe no Brasil.

Lula foi levado ao aeroporto de Congonhas para prestar depoimento, depois da invasão de sua casa e do Instituto Lula. O aparato repressivo mobilizado para conduzi-lo ao local contou com cerca de 200 homens, uma intervenção militar em São Bernardo do Campo. O propósito disso era fazer um espetáculo para a imprensa burguesa, cúmplice do golpe.

A defesa de Lula tinha entrado com habeas corpus para evitar a ação. A manobra jurídica para promover o espetáculo golpista da prisão de Lula foi que esse habeas corpus só valeria para São Paulo, enquanto o juiz Sérgio Moro estava em Curitiba quando mandou prendê-lo. Mais uma manobra golpista de uma campanha repleta de ilegalidades conduzida pela direita que aparelha o Estado.

Setores de esquerda afirmavam que não haveria uma tentativa de golpe da direita em curso. Apesar de todas as manobras da direita golpista, da campanha permanente na imprensa burguesa, da mobilização da pequena burguesia nas ruas, de a Operação Lava-Jato só atingir empresas nacionais e inviabilizar a política de conteúdo nacional etc.

Os eventos dessa manhã demonstram que não é mais possível sustentar essa posição. A direita está na ofensiva e o golpe caminha para um desfecho. Se o golpe vencer, cai o governo e a direita toma o poder à força. É preciso colocar-se contra o golpe e se mobilizar para impedir que a direita tome o poder. O programa da direita golpista e pró-imperialista é cortar gastos sociais, retirar direitos trabalhistas, arrochar os salários, atacar as organizações operárias e vender barato o País. Contra esse programa, é hora de tomar as ruas contra a direita e o golpe.

artigo Anterior

Sistema financeiro comemora prisão de Lula

Próximo artigo

Onde está Lula?

Leia mais

Deixe uma resposta